A vulnerabilidade do consumidor e a ótica subjetiva do intérprete

  • Henrique Alves Pinto
Palavras-chave: Consumidor – Vulnerabilidade – Hipervulnerabilidade – Pessoa portadora de deficiência.

Resumo

A interpretação da vulnerabilidade presumida de forma absoluta pelo CDC ao consumidor pessoa física, tem recebido positiva ampliação hermenêutica pelos operadores do direito.

Biografia do Autor

Henrique Alves Pinto

 

Mestrando em Direito Público e Políticas Públicas pela UNICEUB (Centro Universitário de Brasília). Pós-graduado em Direito Processual Civil

pela Universidade Federal de Uberlândia. Bacharelando em Filosofia pela Universidade Federal de Uberlândia. Ex-professor de Direito Civil e Direito do Consumidor pela Universidade Federal de Uberlândia. Professor de Direito Civil da Faculdade de Direito CNEC – Unaí – MG. Advogado.

 

Publicado
22-08-2020
Edição
Seção
Visões do Consumidor, da Vulnerabilidade e da Dignidade de Pessoa Humana